Sinqia tem três negociações de aquisição em estágio avançado

Próximas aquisições devem envolver empresas que desenvolvem tecnologias de contato direto com clientes de instituições financeiras
Silvia Zamboni/Valor/Arquivo
A fornecedora de software e serviços para o setor financeiro, Sinqia (ex-Senior Solution) deve anunciar novas aquisições em breve. Em teleconferência com analistas nesta quinta-feira, o diretor financeiro da empresa, Thiago Rocha informou que há três memorandos de intenções assinados.

Segundo ele, as próximas aquisições devem envolver empresas que desenvolvem tecnologias de contato direto com clientes de instituições financeiras.

Entre agosto e novembro de 2020, a Sinqia anunciou as aquisições da Itaú Soluções Previdenciárias (ISP), por R$ 82 milhões, da Tree Solution, por R$ 13,3 milhões, e da Fromtis, por R$ 19 milhões, reforçando suas ofertas, em previdência, bancos e fundos, respectivamente.

Com a aquisição da Fromtis, por R$ 19 milhões, a empresa aumentou carteira de clientes de fundos em 33 gestoras e administradoras. O valor da negociação pode alcançar R$ 28 milhões, dependendo de metas alcançadas nos próximos anos. A compra da Tree pode alcançar R$ 17,5 milhões.

Após as três negociações de 2020, a Sinqia encerrou o quarto trimestre com R$ 321,1 milhões em caixa. A ideia é manter o ritmo de fusões e aquisições (M&A) este ano, segundo o presidente, Bernardo Gomes.

“Tivemos um resultado excelente em um ano que foi muito difícil para o Brasil e para o mundo”, disse Gomes.
A Sinqia registrou uma receita recorde de R$ 210 milhões em 2020, 20% acima do resultado de 2019.

Entre os motivos que colaboraram para o balanço positivo, a empresa destacou a alta demanda de empresas do setor financeiro por digitalização, por conta da pandemia. Outro foi o aumento na média de gastos, o ticket médio, por cliente.

Thiago Rocha, diretor financeiro da empresa, destacou que as três aquisições anunciadas no ano passado elevam o resultado a uma receita pró-forma de R$ 268 milhões.

“A margem Ebitda [lucro antes de juros impostos, depreciação e amortização] ajustada de 18% no quarto trimestre foi a melhor para a companhia desde o IPO, em março de 2013”, disse o executivo.
A dívida bruta da Sinqia aumentou em R$ 11,8 milhões no quarto trimestre de 2020 para R$ 84,3 milhões após as aquisições da Tree e da Fromtis. A compra da ISP foi concretizada em janeiro.

O diretor financeiro, Thiago Rocha, destacou também que a aquisição da Tree Solution, empresa especializada em tecnologia para transações de câmbio, trouxe robustez à oferta para bancos, em relação aos concorrentes. Questionado sobre o impacto do Projeto de Lei nº 5.387/19, que altera a legislação do mercado cambial no país, Rocha diz que vê um novo movimento de democratização do mercado financeiro e oportunidades no médio prazo.

Sobre a abertura do sexto programa de recompra de ações da Sinqia, anunciado ontem, o diretor financeiro explicou que um dos objetivos é ajustar o valor da Sinqia. “O preço da ação não reflete o que estamos construindo nos últimos meses e em 2021”, disse.

Share